Geral

Presidente de TRF,Roberto Haddad será cidadão sul-mato-grossense

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul entrega nesta quinta-feira (1), o título de cidadão sul-mato-grossense ao presidente do Tribunal Regional Federal da Terceira Região (TRF3), desembargador federal Roberto Haddad. A solenidadeserá realizada  as 19h30, no Plenário “Deputado Julio Maia”do Palácio Guaicurus da Assembleia legislativa e Mato Grosso do Sul. A homenagem foi...

Arquivo Publicado em 30/11/2011, às 19h58

None

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul entrega nesta quinta-feira (1), o título de cidadão sul-mato-grossense ao presidente do Tribunal Regional Federal da Terceira Região (TRF3), desembargador federal Roberto Haddad. A solenidadeserá realizada  as 19h30, no Plenário “Deputado Julio Maia”do Palácio Guaicurus da Assembleia legislativa e Mato Grosso do Sul.


A homenagem foi proposta pelopresidente da Assembleia Legislativa, deputado Jerson Domingos (PMDB), erecebeu aprovação por unanimidade do Plenário. Haddad tem trabalhado pelo fortalecimento da justiça federal em MatoGrosso do Sul e pela celeridade nos julgamentos de processos.


Desde oinicio de 2010 ele está à frente do TRF3. O Tribunal é o maior da JustiçaFederal e sua jurisdição abrange os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Nestaterça-feira, ele inaugurou a 3ª Subseção Judiciária Federal em Três Lagoas e nasexta-feira irá inaugurar em Dourados a 1ª Vara-Gabinete do Juizado EspecialFederal.


“Temos muito a agradecer pelas conquistas dodesembargador Haddad. Ele continuará lutando pela expansão da justiça federalem nosso Estado. Isso resulta em segurança jurídica não apenas para oscidadãos, mas também para os meios produtivos, proporcionando desenvolvimentosocial e econômico para Mato Grosso do Sul”, destacou o deputadoJerson Domingos


Bibliografia


Natural deSão Paulo, Roberto Luiz Ribeiro Haddad graduou-seem Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) em 1972. Ingressou namagistratura em 23 de fevereiro de 1988 e tomou posse como DesembargadorFederal em 4 de agosto de 1995, por merecimento. No magistério, foi professorauxiliar de Processo Civil e de Processo Penal; professor substituto e depoistitular de Direito Civil; professor titular de Teoria Geral de Direito Civil eprofessor titular de Legislação Tributária. É membro da Academia Brasileira deDireito Tributário (1981) e da International Fiscal Association (EUA).

Jornal Midiamax