Geral

Prefeitura de Corumbá pode pedir investigação sobre interdição de ponte

Segundo o vice-prefeito de Corumbá, Ricardo Eboli (PMDB), a prefeitura da cidade pode decidir solicitar uma investigação, junto à Agência Nacional de Transportes Aquáticos (ANTAQ), sobre o acidente que interditou uma ponte, na BR-262, que liga Corumbá a Miranda. Desde as 10 horas da manha deste domingo (8), por determinação da PRF (Polícia Rodoviária Federal), […]

Arquivo Publicado em 08/05/2011, às 23h11

None

Segundo o vice-prefeito de Corumbá, Ricardo Eboli (PMDB), a prefeitura da cidade pode decidir solicitar uma investigação, junto à Agência Nacional de Transportes Aquáticos (ANTAQ), sobre o acidente que interditou uma ponte, na BR-262, que liga Corumbá a Miranda.


Desde as 10 horas da manha deste domingo (8), por determinação da PRF (Polícia Rodoviária Federal), a ponte ficou interditada por conta de um acidente provocado por uma embarcação carregada de minério, que bateu e comprometeu um dos pilares da travessia.


No fim da tarde, os policiais autorizaram a travessia de carros pequenos e caminhonetes no local, a 70 km de Corumbá.

Jornal Midiamax