Segundo Nelsinho, valor será investido em novas obras de infraestrutura urbana, unidades básicas de saúde, praças, casas populares, centros de educação infantil e modernização no sistema de transportes da Capital, entre outros.

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), reuniu na noite desta terça-feira (23) secretários, empresários, lideranças comunitárias, conselheiros regionais e população para apresentar os projetos em andamento na cidade. Foi assinada ainda a ordem de serviço do PAC 2 durante o evento “Campo Grande 11 anos – pronta para o futuro”, realizado no Golden Class.

Segundo Nelsinho, mais de R$ 521 milhões serão investidos em novas obras de infraestrutura urbana, unidades básicas de saúde, praças, casas populares, centros de educação infantil e modernização no sistema de transportes da Capital, entre outros.

“Quero ficar marcado como o prefeito que preparou Campo Grande para o futuro. Graças ao empenho e trabalho dos vereadores, deputados federais e estaduais e governo federal, conseguimos desenvolver nossa cidade”, comemorou Nelsinho.

São 30 obras que estão em fase de abertura de licitação, entre praças, unidades básicas de saúde, Ceinf (Centro de Educação Infantil), além da construção de quase 800 casas populares. O ‘pacote’ totaliza R$ 215 milhões.

Além disso, outras 53 obras, orçadas em mais de R$ 100 milhões, já foram iniciadas na Capital. Elas incluem projetos de drenagem de águas pluviais, pavimentação, seis unidades básicas de saúde e 28 corredores de transporte coletivo.

Em outro pacote, que totaliza R$ 206 milhões, obras que estão em fase de inauguração. Entre elas mais de 600 unidades habitacionais, parques lineares, projetos de drenagem, centros de educação ambiental, sinalização turística e revitalização de praças.

“O trabalho ainda não está encerrado. Temos trabalho até o ano que vem e, depois, tenho que passar o chapéu para o próximo prefeito, e rezar para que ele continue trabalhando forte”, brincou Trad.

Foram mostradas em detalhes ainda as obras executadas na Orla Morena I, revitalização da Praça Ary Coelho e da Avenida Júlio de Castilho, obras do Centro Municipal de Belas Artes, Parque Linear Córrego Segredo, Centro Cultural Multiuso, Complexo Imbirussu-Serradinho, Via Morena, Parque Linear do Córrego Lagoa, Terminal Intermodal de Cargas, além de ordens de serviço de corredores de transporte coletivo.

Em seu discurso, o deputado estadual Jerson Domingos (PMDB) disse que o “bom trânsito” do prefeito na Assembleia Legislativa foi crucial para o repasse de R$ 800 mil, que seriam de emendas parlamentares, para o Hospital do Trauma, que será inaugurado no final do ano em Campo Grande.