O vereador Paulo Siufi (PMDB), presidente da Câmara de Campo Grande, foi multado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) em R$ 15 por propaganda eleitoral antecipada. O parecer da PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) considerou que suas entrevistas divulgando sua pré-candidatura à prefeitura de Campo Grande configura propaganda extemporânea. A distribuição de materiais gráficos com sua logomarca também pesou na decisão.

“É indispensável considerar a utilização de cores, formato e logomarca das peças gráficas distribuídas em conjunto com as manifestações pessoais nos meios de comunicação. Nas declarações, o político deixou clara sua intenção de candidatura nas próximas eleições municipais”, enfatiza a Procuradoria Eleitoral. 

De acordo com a PRE/MS, a propaganda eleitoral “não se apresenta apenas com o pedido de voto explícito, mas inclui também o contexto social em que a publicidade é realizada”.

Essa foi a segunda vez este ano que Siufi foi multado pelo TRE. Em abril, ele foi notificado em R$ 5 mi por conta de adesivos distribuídos pela cidade, onde está inscrito ‘Sou Campo Grande’, com o ‘S’ supostamente em referência ao vereador.