O menor estádio do Mundial Sub-20 de futebol ficou lotado e os 16 mil torcedores se dividiram em partes quase iguais para apoiar Argentina e Portugal. A entrada da seleção argentina no gramado do estádio Jaime Morón gerou sonoros assobios e vaias em comparação com os aplausos dispensada aos comandados europeus. 
No final, após empate em 0 a 0 no tempo normal, a seleção portuguesa venceu nos pênaltis por 5 a 4, de virada, em Cartagena, e garantiu vaga nas semifinais da competição.
Os primeiros momentos do jogo também insinuaram que os argentinos não teriam sossego ao fazer faltas e menos ainda ao desperdiçar oportunidades. Passados 15 minutos de provocações, as preferências se equilibraram nas arquibancadas e emergiu então o aplauso generoso para premiar o esforço de ambas as equipes.
A Argentina tinha uma grande vantagem após o goleiro Esteban Andrada pegar dois pênaltis. Mas o desenlace inesperado, com Leandro González Pirez errando seu chute e duas grandes defesas de Mika, fez Portugal comemorar a classificação.