Geral

Por telefone, cunhada pede socorro e homem acaba esfaqueado

Com lesões no lado esquerdo da costela e nos braços, Pedro Ricardo Bispo, 54 anos, compareceu na madrugada de hoje na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, para denunciar a lesão corporal dolosa que sofreu do próprio irmão Francisco Ricardo Bispo, 45 anos, em sua residência, na Rua Ana Luiza de Souza, bairro Pioneiros, […]

Arquivo Publicado em 28/12/2011, às 11h51

None

Com lesões no lado esquerdo da costela e nos braços, Pedro Ricardo Bispo, 54 anos, compareceu na madrugada de hoje na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, para denunciar a lesão corporal dolosa que sofreu do próprio irmão Francisco Ricardo Bispo, 45 anos, em sua residência, na Rua Ana Luiza de Souza, bairro Pioneiros, em Campo Grande.

De acordo com o depoimento de Pedro, ele recebeu uma ligação de Aparecida, esposa do seu irmão, por volta das 20h, em que ela gritava e pedia por socorro. Preocupado, ele foi até a residência do casal e afirma que eles disseram que nada estava acontecendo e que ainda o convidaram para comer pizza.

Após 45 minutos, ele retornou para casa e recebeu outra ligação da sua cunhada, gritando e pedindo por socorro novamente. Ele retornou a casa e afirma que o irmão já saiu da residência o agredindo verbalmente, empurrando e dando socos com uma garrafa de cerveja quebrada várias vezes.

Ele se recuperou por algumas horas e quando se deslocava para a delegacia, soube por sua esposa que a cunhada ligou novamente dizendo que seu irmão estava embriagado e que tinha colocado toda a família no veículo, com sentido a Camapuã e que ela estava com medo de sofrer um acidente de trânsito, já que ele ameaçou matar toda a família e depois se suicidar.

O caso foi registrado como Lesão Corporal Dolosa e está sendo investigado.

Jornal Midiamax