Geral

Por ser “amigo” de diretores do Hospital Evangélico juiz deixa processos da Uragano e da Owari

Por ser “amigo” de diretores do Hospital Evangélico juiz deixa processos da Uragano e da Owari Desde a última sexta-feira que os processos das Operações Owari e Uragano que tramitam na justiça de Dourados estão nas mãos de um novo juiz. O juiz Jonas Hass que cuidava dos dois processos pediu para ser substituído por […]

Arquivo Publicado em 05/04/2011, às 14h35

None
1490108491.jpg

Por ser “amigo” de diretores do Hospital Evangélico juiz deixa processos da Uragano e da Owari

Desde a última sexta-feira que os processos das Operações Owari e Uragano que tramitam na justiça de Dourados estão nas mãos de um novo juiz.

O juiz Jonas Hass que cuidava dos dois processos pediu para ser substituído por ser considerado suspeito para julgar os acusados. É que Jonas é amigo pessoal dos diretores do Hospital Evangélico

No processo da Operação Uragano, que tem 69 réus assumiu provisoriamente o caso, o juiz José Carlos de Paula Coelho e Souza titular da segunda Vara Cível.

Já no processo da Operação Owari desde o dia 23 de março José Carlos é o titular do caso e na última sexta-feira deu a sua primeira decisão decretando a indisponibilidade dos bens dos ex-prefeitos Ari Artuzi e Laerte Tetila, dos integrantes da família Uemura e dos demais réus no processo da Operação Owari.

Jornal Midiamax