Geral

PMA prende três pescadores com redes ilegais

Policiais Militares Ambientais de Batayporã, em patrulhamento no rio Ivinhema prenderam nesta sexta-feira (18) três pescadores, realizando a pesca com quase 0,5 km de redes (petrecho proibido). Um auxiliar de serviços gerais, de 26 anos e dois lavradores, de 56 e de 30, residentes em Ivinhema foram presos em uma embarcação, nas proximidades da fazenda […]

Arquivo Publicado em 19/03/2011, às 15h46

None

Policiais Militares Ambientais de Batayporã, em patrulhamento no rio Ivinhema prenderam nesta sexta-feira (18) três pescadores, realizando a pesca com quase 0,5 km de redes (petrecho proibido). Um auxiliar de serviços gerais, de 26 anos e dois lavradores, de 56 e de 30, residentes em Ivinhema foram presos em uma embarcação, nas proximidades da fazenda Santista, no município de Ivinhema. Com eles foram apreendidos duas redes de pesca, medindo quase 0,5 km, um barco e 10 kg de pescado.


Os autuados receberam voz de prisão e foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil de Ivinhema, onde eles foram autuados em flagrante por crime ambiental. Se condenados, poderão pegar pena de detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.


Cada autuado também recebeu multa administrativa no valor de R$ 900,00.

Jornal Midiamax