Geral

PMA prende pescador profissional paulista no rio Pardo em Bataguassu

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu, em fiscalização no rio Pardo, prenderam ontem no final da tarde, um pescador profissional do Estado de São Paulo por pesca predatória. Ele estava em uma embarcação e preparava-se para armar uma rede de pesca de 50 metros (petrecho proibido para a pesca), à margem esquerda do rio. O pescador […]

Arquivo Publicado em 27/09/2011, às 13h12

None

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu, em fiscalização no rio Pardo, prenderam ontem no final da tarde, um pescador profissional do Estado de São Paulo por pesca predatória. Ele estava em uma embarcação e preparava-se para armar uma rede de pesca de 50 metros (petrecho proibido para a pesca), à margem esquerda do rio.

O pescador profissional alegou que não sabia que não podia pescar com redes naquele rio.O material foi apreendido e o pescador, residente em Presidente Prudente (SP), foi autuado administrativamente e recebeu multa no valor de R$ 700,00.

Ele também responderá pelo crime de pesca predatória. Se condenado pelo crime ambiental, poderá pegar pena de detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Jornal Midiamax