Geral

PMA autua pescadores e retira 500 metros de rede de pesca do Rio Paraguai

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Porto Murtinho prendeu ontem (25) quatro pessoas e apreendeu 20 quilos de pescado capturados por rede de pesca, durante fiscalização no Rio Paraguai. As apreensões ocorreram durante a vistoria em uma embarcação. De acordo com a PMA, um dos pescadores assumiu que havia comprado o pescado no lado paraguaio, […]

Arquivo Publicado em 26/09/2011, às 18h42

None

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Porto Murtinho prendeu ontem (25) quatro pessoas e apreendeu 20 quilos de pescado capturados por rede de pesca, durante fiscalização no Rio Paraguai.

As apreensões ocorreram durante a vistoria em uma embarcação. De acordo com a PMA, um dos pescadores assumiu que havia comprado o pescado no lado paraguaio, pois não havia conseguido capturar nenhum peixe.

Foram apreendidos: Um barco, um motor de popa e quatro carretilhas. Cada pescador foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.100,00 e ainda responderão por crime ambiental e pesca predatória. A pena para o crime é de um a três anos de detenção.

Ainda ontem, outra equipe da PMA, com a Marinha do Brasil, retirou do Rio Paraguai 500 metros de rede de pesca que estavam do rio. O equipamento proibido foi encontrado em um trecho entre Porto Murtinho e o Destacamento do Exército Ingazeiro. Os proprietários da rede não foram encontrados.

Jornal Midiamax