Geral

PMA autua fazenda em R$ 30 mil por erosão

Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas, em fiscalização na região de Selvíria, autuaram ontem a fazenda Cesalpina, localizada no km 29, da rodovia MS 444. Os policiais localizaram na propriedade vários processos erosivos e voçorocas. As erosões surgiram em razão da falta de conservação do solo, que é obrigatória pela legislação nas intervenções feitas para […]

Arquivo Publicado em 30/01/2011, às 00h22

None

Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas, em fiscalização na região de Selvíria, autuaram ontem a fazenda Cesalpina, localizada no km 29, da rodovia MS 444. Os policiais localizaram na propriedade vários processos erosivos e voçorocas.


As erosões surgiram em razão da falta de conservação do solo, que é obrigatória pela legislação nas intervenções feitas para a produção em propriedades rurais. Os policiais perceberam total desprezo com a conservação do solo no local da erosão.


A PMA determinou a interdição da área para proteção e recuperação, com proibição de atividades agrícolas e pecuárias. A pessoa jurídica Fazenda Cesalpina também foi autuada administrativamente, sendo multada em R$ 30 mil.


Os responsáveis pela fazenda também foram notificados a apresentar projeto de recuperação de área degradada (PRAD) junto aos órgãos ambientais, no prazo máximo de 30 dias. Eles responderão por crime ambiental, podendo pegar pena de 1 a 3 anos de detenção.

Jornal Midiamax