Geral

PMA autua assentados por extração de madeira em Reserva Legal

Policiais Militares Ambientais de Naviraí, em fiscalização nesta sexta (25), na área rural do município de Itaquiraí, em vistoria no Assentamento SANTO ANTÔNIO, surpreenderam em flagrante dois assentados explorando madeira ilegalmente da Reserva Legal. Um dos assentados foi surpreendido utilizando uma motosserra sem documentação legal e foi autuado administrativamente em R$ 5.00...

Arquivo Publicado em 26/02/2011, às 16h45

None

Policiais Militares Ambientais de Naviraí, em fiscalização nesta sexta (25), na área rural do município de Itaquiraí, em vistoria no Assentamento SANTO ANTÔNIO, surpreenderam em flagrante dois assentados explorando madeira ilegalmente da Reserva Legal.

Um dos assentados foi surpreendido utilizando uma motosserra sem documentação legal e foi autuado administrativamente em R$ 5.000,00 pela exploração da madeira e mais R$ 1.000,00 pela utilização da motosserra ilegal.

O outro assentado que explorava madeira ilegalmente, residia no lote 251, do Assentamento Guassu, embora estivesse retirando a madeira da reserva legal do Assentamento Santo Antônio. Ele também foi multado em R$ 5.000,00.

Os autuados haviam derrubado 10 árvores nativas, que já estavam serradas em vigas e no lote 251 foram apreendidos mais 03 m³ de madeira. A motosserra também foi apreendida.

Os autuados responderão por crime ambiental e, poderão pegar pena de 06 meses a 01 ano de detenção.

A PMA tem enfrentado diversos problemas ambientais envolvendo assentados e, a exploração de madeira ilegal tem sido a principal ocorrência.

Jornal Midiamax