Geral

Pesquisa indica que índice de violência praticada por menores em São Gabriel é um dos mais baixos de MS

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) promovido pela Polícia Militar, ainda não bem difundido, está mudando a vida de várias crianças e adolescentes em São Gabriel do Oeste, cidade distante a 138 quilômetros de Campo Grande. Levantamento feito pela presidente da Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste, Ana Maria […]

Arquivo Publicado em 28/09/2011, às 19h10

None

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) promovido pela Polícia Militar, ainda não bem difundido, está mudando a vida de várias crianças e adolescentes em São Gabriel do Oeste, cidade distante a 138 quilômetros de Campo Grande.

Levantamento feito pela presidente da Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste, Ana Maria Rohr (PMDB), e pelo o deputado estadual Junior Mochi (PMDB), revelou que dos 233 jovens e adolescentes foram detidos na cidade por atos infracionais, e entre os quais apenas três jovens assistiram palestras proferidas por militares que tocam o Proerd.

A presidente disse que todas as ações que possam conscientizar o jovem e tirá-los do mundo do crime são louváveis e esse projeto que a Policia Militar em parceria com a prefeitura estão desenvolvendo nas escolas mudou e pode mudar muito mais a vida de muitos jovens.

“A eficiência do programa é de 98%. Dos 233 jovens que foram detidos apenas três foram alunos do Proerd, um exemplo de importância do projeto”, explica a presidente da Casa de Leis.De acordo com o comandante da Polícia Militar de São Gabriel do Oeste, tenente Reinaldo Santos, no Estado o programa começou em 1997 formando turmas do 5° ano de todas as instituições de ensino, e em São Gabriel do Oeste, o Programa está em sua nona edição.

O tenente explica que as aulas são ministradas por policiais militares fardados que fazem além do trabalho de conscientização dos alunos, também agem na segurança escolar.O oficial argumenta que durante as aulas os jovens aprendem sobre os malefícios do uso de drogas, os danos causados à sociedade, além de outras questões sociais, como responsabilidade no trânsito e bullying.

“Os alunos pegam confiança no professor-policial e acaba relatando crimes que acontecem até dentro de casa”, explica o tenente.Para o diretor da escola municipal Pingo de Gente, Alceu Eibel, é possível perceber no ambiente escolar não só a conscientização dos alunos, mas também a socialização deles com os colegas, além de obterem uma visão crítica sobre o uso de entorpecentes e outras questões que envolvem o cotidiano escolar.

“É uma aula atípica, onde eles aprendem, de forma envolvente, sobre os grandes problemas que atingem a sociedade”, reforça Eibel.Conforme o tenente Reinaldo, este ano pelo menos 1200 alunos das 3º, 4º e 5º séries concluirão o curso. A média, entre 2008 e 2010, foi de 320 participantes anuais. Ele informou que o curso começou a ser ministrada na cidade pelo agente Péricles coma colaboração da policial Joyce.

Ranking dos melhores Segundo o Deputado Junior Mochi e a Vereadora Ana Rohr, o PROERD de São Gabriel do Oeste é considerado um dos melhores do Estado.Analisando os gráficos, observa-se que os índices indicam a eficiência do Programa quanto ao comportamento e envolvimento dos estudantes em atos infracionais.

Nos últimos três anos, 233 jovens cometeram infrações, sendo que apenas três foram participantes do Proerd no município, ou seja, uma escala percentual minúscula. Os números comprovam a eficácia das aulas ministradas aos jovens, já que mais de 98% dos menores relacionados às ações não foram atendidos pelo Programa.

Para o sargento André Garcia – professor-policial -, a linguagem utilizada com os jovens é bem simples e muitas vezes o policial faz o papel e conselheiro, amigo e até de pai. “Tentamos de uma forma simples orientar as crianças para não irem pelo caminho das drogas e da violência”, explica o policial.O professor Valdemir Pinheiro que participou da aula do Proerd quando a reportagem foi à escola comentou que é muito importante essa parceria da unidade educacional com a polícia.

“Os alunos muitas vezes não têm estrutura familiar ou os pais não possuem conhecimento e acabam deixando de orientar seus filhos e com essa orientação os alunos saem mais preparados para lidar com eventuais situações”, explica o Pinheiro.

Prefeito parabenizaO prefeito de São Gabriel do Oeste, Sérgio Marcon (PSDB) explicou que o Proerd é um programa que tem parceria da Policia Militar e da secretaria de Educação, mas conta com vários outros parceiros como empresas e até pessoas anônimas que tem o único interesse de ajudar os jovens e adolescentes.

Ele diz que o município está de parabéns pela essa grande adesão de parceiros e de jovens que participam e principalmente do número ínfimo de jovens que por meio desse curso não caíram na tentação do crime.

”São Gabriel está de parabéns por esses índices baixos de criminalidade, principalmente esses jovens que fizeram o curso e não caíram na tentação de cometer um crime ou utilizar drogas”, completa.

Jornal Midiamax