Geral

Período junino deve aumentar tráfego de veículos em CorumbáGe

Dados apresentados pela Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat) apontam que Corumbá possui frota de cerca de 20 mil veículos, sem somar os veículos de turistas e os de trânsito fronteiriço cotidiano, como os dos feirantes bolivianos. O levantamento apresentado pela Agência prevê elevação nesse período junino e consequente possibilidade de crescimento nas infrações. […]

Arquivo Publicado em 22/06/2011, às 11h43

None

Dados apresentados pela Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat) apontam que Corumbá possui frota de cerca de 20 mil veículos, sem somar os veículos de turistas e os de trânsito fronteiriço cotidiano, como os dos feirantes bolivianos. O levantamento apresentado pela Agência prevê elevação nesse período junino e consequente possibilidade de crescimento nas infrações.

“Com o intuito de realizar orientações para coibir possíveis infrações, a Agetrat iniciou a panfletagem de veículos que estão entrando na cidade. Estamos distribuindo folhetos que visam orientar sobre o uso do cinto de segurança; a obrigatoriedade do assento para as crianças; o respeito às sinalizações e ao limite de velocidade. São orientações básicas, que todos conhecem, mas precisam ser relembradas para que a ordem e a segurança sejam mantidas”, explicou ao Diário, Miguel Soares, responsável pelo setor de Educação no Trânsito da Agetrat.

A primeira panfletagem foi realizada na rodovia Ramão Gomez na manhã de ontem, com enfoque para os veículos estrangeiros. A Agetrat disponibilizou panfletos em espanhol, alertando os condutores para as regras de trânsito brasileiras.

“É muito bom recebermos o apoio das organizações brasileiras, pois o trânsito da Bolívia é diferente do Brasil e muitas vezes ficamos em dúvida sobre algumas regras. Apoiamos essas medidas de orientações, até porque eu trafego todos os dias na fronteira entre o Brasil e a Bolívia, pois sou feirante e preciso transitar sempre por Corumbá”, contou Miquelangel Pinto, 36 anos.

A programação para as orientações inclui ainda, panfletagens na rodovia BR-262, para alertar aos turistas que chegam na região para curtir a época junina, umas das mais tradicionais do município.

Repressão

Paralelo às atividades de orientação que tiveram início nesta terça-feira, a Agetrat e a Polícia Militar começaram uma ação repressiva. “Demos início a um período de blitz repressiva, visando combater as infrações que podem vir a ocorrer com o aumento do fluxo de veículos no município. A primeira blitz foi realizada na área central. Elas devem prosseguir por um tempo indeterminado, todos os dias em horários alternados e pontos diferentes da cidade”, alertou Miguel.

Jornal Midiamax