Geral

Pelicanos salvam idosa ilhada em Rio Negro

O Esquadrão Pelicano, sediado na Base Aérea de Campo Grande, realizou na tarde de hoje (11), o transporte da senhora Lenir Carneiro de Oliveira, de 72 anos, proprietária da fazenda Aguada da Onça, na região de Rio Negro, interior de Mato Grosso do Sul. Lenir sofreu uma queda e havia suspeita de fratura na coluna […]

Arquivo Publicado em 11/03/2011, às 20h39

None
1613371399.jpg

O Esquadrão Pelicano, sediado na Base Aérea de Campo Grande, realizou na tarde de hoje (11), o transporte da senhora Lenir Carneiro de Oliveira, de 72 anos, proprietária da fazenda Aguada da Onça, na região de Rio Negro, interior de Mato Grosso do Sul. Lenir sofreu uma queda e havia suspeita de fratura na coluna cervical.


A fazenda estava ilhada devido as fortes chuvas que têm caído no Estado. O transporte por terra era quase impossível, e a ajuda dos Pelicanos foi fundamental em seu resgate. Foram gastos pouco mais de duas horas entre a decolagem e o pouso na Base Aérea.


Lenir foi levada para o Proncor da rua Maracaju e seu estado de saúde é estável.


Essa foi a terceira missão que o Esquadrão Pelicano realizou somente este mês. Na primeira, no último sábado, foi acionado para procurar um avião desaparecido na Serra do Amolar, próximo a cidade de Corumbá (MS), na fronteira com a Bolívia, com dois ocupantes. O mal tempo na região dificultou a missão de busca.


A aeronave e os dois sobreviventes foram encontrados no domingo por uma patrulha do Exército. No local do acidente havia cerca de 560 quilos de cocaína. O helicóptero dos Pelicanos deu apoio em todas as fases da missão, transportando agentes da Polícia Federal que fizeram a investigação e prenderam os dois traficantes.


Na outra missão, na segunda-feira, os Pelicanos foram acionados para socorrer Cleoson de Oliveira, de 31 anos, que foi mordido por uma cobra na Fazenda Querência, em Aquidauana, a 160 quilômetros de Campo Grande. O helicóptero decolou por vota das 12h e retornou às 14h30 mim, debaixo de forte chuva. Uma ambulância do SAMU levou o paciente para o Hospital Regional, onde foi medicado.

Jornal Midiamax