Geral

Paulo Duarte vê com restrições pedido do governador para contratações temporárias

A mensagem encaminhada com o projeto será analisada pela CCJ da Assembleia Legislativa e oposição promete ser criteriosa

Arquivo Publicado em 29/11/2011, às 17h28

None

A mensagem encaminhada com o projeto será analisada pela CCJ da Assembleia Legislativa e oposição promete ser criteriosa

Contratação de funcionários temporários, sem concurso público. A solicitação é do governador André Puccinelli ao legislativo de Mato Grosso do Sul.


O deputado estadual Paulo Corrêa (PR) informou que nesta terça-feira (29) o projeto  será encaminhado para a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).


De acordo com Paulo Corrêa a autorização é para que seja possível a contratação em qualquer área da administração. No entanto, o deputado ressaltou que não há quantidade de vagas. “É para a contratação em situações atípicas, como desastres naturais”.


Além disso, Paulo Corrêa informou que as contratações poderiam ser utilizadas em situações emergenciais como a operação padrão realizada pela Iagro.


Para o deputado Paulo Duarte (PT), o que o governo está pedindo é um cheque assinado em branco e que irá analisar com critérios.

Jornal Midiamax