Geral

Parlamento Europeu se prepara para reduzir taxa de contribuição paga por países em crise

O Parlamento Europeu deve aprovar até quinta-feira (1º) o aumento das taxas referentes aos fundos da União Europeia destinados a seis países mais afetados pela crise econômica internacional. A medida atinge Portugal, a Grécia, Irlanda, Romênia, Letônia e Hungria. O objetivo é que esses países contribuam com uma taxa menor para projetos financiados pela União […]

Arquivo Publicado em 29/11/2011, às 10h55

None

O Parlamento Europeu deve aprovar até quinta-feira (1º) o aumento das taxas referentes aos fundos da União Europeia destinados a seis países mais afetados pela crise econômica internacional. A medida atinge Portugal, a Grécia, Irlanda, Romênia, Letônia e Hungria.

O objetivo é que esses países contribuam com uma taxa menor para projetos financiados pela União Europeia. Porém, os seis países terão de buscar internamente suporte para complementar seus orçamentos.

A ideia, segundo os parlamentares europeus, é ajudar esses países na busca da recuperação econômica. Ao visitar Portugal, o comissário europeu responsável pela Política Regional, Johanes Hahn, disse que o país receberá, até o fim de dezembro, cerca de 600 milhões de euros.

O dinheiro, segundo Hahn, é resultado de um “acerto de contas” do Quadro de Referência Estratégico Nacional. O novo mecanismo será aplicado retroativamente a 1º de janeiro de 2010 e terá natureza excepcional e temporária, terminando no fim de 2013.

Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa

Jornal Midiamax