Geral

Pan: Brasileiras arrematam outro ouro na ginástica rítmica, agora nas bolas

O abraço apertado das técnicas Camila Ferezin e Anna Danielyan, ali no cantinho, quando a apresentação terminou, anunciava que mais uma medalha estava por vir. Nem uma escapulida da bola no último movimento atrapalhou. A equipe brasileira de ginástica rítmica conquistou o segundo ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Ao som de “My way’, Luísa […]

Arquivo Publicado em 18/10/2011, às 01h00

None

O abraço apertado das técnicas Camila Ferezin e Anna Danielyan, ali no cantinho, quando a apresentação terminou, anunciava que mais uma medalha estava por vir. Nem uma escapulida da bola no último movimento atrapalhou. A equipe brasileira de ginástica rítmica conquistou o segundo ouro nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Ao som de “My way’, Luísa Matsuo, Débora Falda, Dayane Amaral, Eliane Sampaio, Drielly Daltoé venceram nas bolas. Nesta terça, elas disputam a última final: arco e fita – Drielly dará lugar a Bianca Mendonça. Antes, Angélica Kvieczynski, dona de três bronzes, busca medalha nas maças e na fita.


Na véspera, a equipe ganhou 25.100 nas bolas. Nesta segunda, uma delas escapuliu no fim da apresentação, mas Eliana conseguiu corrigir a tempo. Com 25.050, o Brasil estava à frente de Venezuela. Faltava ainda ver Canadá, Estados Unidos e Cuba.


As canadenses foram as primeiras a ficar para trás: 25.625. Depois, as cubanas, com 24.425. Era hora de torcer contra as americanas. Elas comemoraram muito ao fim da apresentação, mas a noite, pela segunda vez seguida, era verde e amarelo: 24.850.

Jornal Midiamax