Geral

Palmeiras vence Americana e lidera o Campeonato Paulista

O Palmeiras está de volta à liderança do Paulistão graças a Kléber. Num jogo difícil, truncado, muito brigado com o Americana, neste sábado, no Pacaembu, pela oitava rodada do estadual, o Gladiador resolveu.

Arquivo Publicado em 12/02/2011, às 23h30

None
1011966686.jpg

O Palmeiras está de volta à liderança do Paulistão graças a Kléber. Num jogo difícil, truncado, muito brigado com o Americana, neste sábado, no Pacaembu, pela oitava rodada do estadual, o Gladiador resolveu.

O Palmeiras está de volta à liderança do Paulistão graças a Kléber. Num jogo difícil, truncado, muito brigado com o Americana, neste sábado, no Pacaembu, pela oitava rodada do estadual, o Gladiador resolveu.


Após receber presente do adversário, ele marcou o único gol da partida, fazendo o Verdão ultrapassar o Santos e reassumir a ponta da tabela, com 19 pontos. O Peixe fica com 18. O Americana permanece em terceiro, com 13, mas pode ser ultrapassado neste domingo por Mirassol, São Paulo e Corinthians.


A equipe alviverde volta à campo no dia 20, domingo, para enfrentar o Mogi Mirim, em Mogi. O Americana, no próximo sábado, recebe o Ituano.


Americana segura o Verdão


O Palmeiras tentou encurralar o Americana no início. Marcando forte as saídas de bola do adversário, o Verdão chegou a prender a equipe do interior no seu campo. Não conseguiu, no entanto, criar jogadas de ataque. O time de Felipão carece de velocidade na frente. Luan, parceiro de Kléber, não foi visto em campo. Assim, o Gladiador ficou isolado. Patrick apareceu num chute aos quatro mintuos. Depois, sumiu.


A maior chance de gol do time alviverde no primeiro tempo saiu aos nove. E só aconteceu porque Márcio Araújo tentou resolver sozinho. Recebeu a bola antes da intermediária e partiu na direção do gol, deixando três adversários para trás. Na entrada da área, chutou, mas parou no goleiro Jailson.


A partir daí, o Americana adiantou sua marcação, passou a ganhar as divididas e não deixou mais o Palmeiras jogar. Com três zagueiros altos bem posicionados, a equipe comandada por Edinho Nazareth conseguia limpar a sua área sem faltas. Só faltou à equipe visitante um pouco mais de ousadia para tentar ameaçar o Verdão, que passou a viver exclusivamente das faltas de Marcos Assunção.


O volante tentou duas batidas, mas só uma levou perigo ao Americana. Aos 45, o tiro, rasteiro, passou raspando a trave esquerda.


Gladiador resolve


O Americana voltou mais solto para o segundo tempo, passou a rondar a área palmeirense. Parecia que engrossaria o jogo para o time da casa. Só parecia. Quando as coisas começavam a se complicar, Kléber fez o Verdão respeirar. Aos oito minutos, Luis Felipe foi tentar recuar a bola e a entregou nos pés do Gladiador. O atacante dominou, prendeu, abriu espaço e mandou um chute forte, rasteiro, acertando o canto direito do goleiro Jailson.


A partir daí, o jogo passou a ser muito brigado, disputas intensas no meio de campo e apenas uma chance clara de gol. Aos 39, Kléber recebeu cruzamento na área, sozinho, e cabeceou. Jailson foi ao ângulo pegar a bola. O Americana tentou se aproximar do gol, buscou os chuveirinhos, mas parou na sólida defesa palmeirense, a melhor do Paulistão, com apenas três gols sofridos em oito rodadas.

Jornal Midiamax