Geral

Operários soterrados em obra de universidade em Campo Grande são resgatados

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a ação rápida dos parceiros de obra ajudou no resgate; operários estavam construindo um muro de arrimo que desmoronou

Arquivo Publicado em 22/03/2011, às 12h49

None
1892000552.jpg

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a ação rápida dos parceiros de obra ajudou no resgate; operários estavam construindo um muro de arrimo que desmoronou

Os operários que ficaram soterrados em uma obra de ampliação da sede da Unigran em Campo Grande, localizada na rua José Antônio Pereira, foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo informações dos militares , Leonardo Barros, de 27 anos, e Marcelo Constantino Felix, de 24 anos, estavam trabalhando na construção de um subsolo da universidade. O acidente ocorreu quando o muro de arrimo que eles estavam construindo desmoronou e provocou o soterramento.

Os bombeiros também informaram que a ação rápida dos seus colegas de obra ajudaram a salvar a vida dos operários. Ao perceberem o acidente, os outros funcionários correram para ajudar os operários e não permitiram que eles fossem soterrados por inteiro. No momento, havia sete trabalhadores no local.

Segundo Lionan Rosalino, de 31 anos, um dos operários que estava no local, ele e seus parceiros foram ajudar os colegas de trabalho utilizando as próprias mãos. De acordo com ele, Marcelo ficou totalmente soterrado por 10 minutos.

Após essa primeira ajuda, o Corpo de Bombeiros chegou ao local e conseguiu resgatar os dois funcionários. Leonardo ficou soterrado até a cintura e Marcelo até a cabeça.

Os dois foram resgatados conscientes e levados para o Posto de Saúde do bairro Coronel Antonino. Posteriormente, eles serão levados para a Santa Casa. Os dois passam bem e não sofreram fraturas.

Quando o Corpo de Bombeiros estava indo embora, outro funcionário da obra passou mal por causa do nervosismo, foi atendido pelos militares e passa bem.

Jornal Midiamax