Geral

Obras de contenção na ‘Escadaria da XV’ em Corumbá custarão R$ 252,5 mil ao Iphan

O Iphan-MS (Intituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) vai pagar R$ 252.500,00(duzentos e cinquenta e dois mil e quinhentos reais) para a Marco Arquitetura, Engenharia, Construções e Comercio LTDA pelas obras de contenção na ‘Escadinha da XV’, em Corumbá, a 430 quilômetros de Campo Grande. Segundo o resultado de julgamento da Tomada de Preços […]

Arquivo Publicado em 11/11/2011, às 15h56

None

O Iphan-MS (Intituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) vai pagar R$ 252.500,00(duzentos e cinquenta e dois mil e quinhentos reais) para a Marco Arquitetura, Engenharia, Construções e Comercio LTDA pelas obras de contenção na ‘Escadinha da XV’, em Corumbá, a 430 quilômetros de Campo Grande.


Segundo o resultado de julgamento da Tomada de Preços (3/2011 Iphan/MS), publicada nesta sexta-feira (11), a empresa deverá executar serviços de estabilização e contenção da encosta ao longo da Escadinha da XV. Agrício Araujo Lima é o presidente da Comissão Permanente de Licitação.


Com 126 degraus, a escadaria construída em 1923 dava acesso da cidade baixa, desde a Ladeira José Bonifácio, no Porto, ao cruzamento das avenidas XV de Novembro com a Marechal Rondon, na parte alta e central de Corumbá.

Jornal Midiamax