Geral

Neto e Jé brilham, e Brasil vence a Ucrânia pelo Desafio Internacional de Futsal

A seleção brasileira abusou das chances perdidas, mas venceu a Ucrânia por 3 a 0 no primeiro duelo pelo Desafio Internacional de Futsal, neste domingo, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP). Neto (2) e Jé, os destaques da partida, marcaram os gols da equipe verde-amarela. O craque Falcão perdeu um […]

Arquivo Publicado em 01/05/2011, às 14h21

None

A seleção brasileira abusou das chances perdidas, mas venceu a Ucrânia por 3 a 0 no primeiro duelo pelo Desafio Internacional de Futsal, neste domingo, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP). Neto (2) e Jé, os destaques da partida, marcaram os gols da equipe verde-amarela. O craque Falcão perdeu um pênalti e passou em branco. As duas seleções voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, em Uberlândia (MG), às 20h30.


O Brasil entrou em quadra com o quinteto formado por Léo Oliveira, Marinho, Jé, Falcão e Valdin e começou o jogo empolgado.No minuto inicial, Jé teve duas boas chances. Na primeira, o pivô bateu colocado para a defesa do goleiro Tsypun. Na segunda, Falcão levantou a bola na esquerda, pelo alto, e Jé pegou de primeira para fora. A Ucrânia levou perigo à meta brasileira aos cinco minutos, em chute rasteiro de Legchanov.


Para dar mais agilidade ao time, o técnico Marcos Sorato colocou Simi, Danilo, Pixote e Neto em quadra. Aos sete, Danilo chutou cruzado da esquerda e obrigou o goleiro ucraniano a fazer boa defesa. Dois minutos depois, Neto tabelou com Pixote pela direita e soltou a bomba no travessão.


Aos 12, o quinteto inicial voltou à quadra e a pressão brasileira continuou. Em boa jogada individual, Marinho arrancou pela esquerda e bateu forte, mas Tsypun fez grande defesa. Aos 15, Jé dominou pela direita, girou rápido e chutou cruzado na trave. Na sequência, Simi arriscou de longe e mandou na trave mais uma vez. Faltando três minutos para o fim da etapa inicial, finalmente o gol saiu. Neto recebeu a bola pela esquerda e soltou uma bomba no ângulo, sem chances para o goleiro: 1 a 0.


Jé e Neto brilham na etapa final


No segundo tempo, a Ucrânia levou perigo logo aos dois minutos. Legchanov, livre de marcação, arriscou do meio da quadra, e Léo Oliveira espalmou. Mas o segundo gol brasileiro não demorou a sair. Aos três, Falcão fez o toque açucarado para Jé na entrada da área, e o pivô mostrou toda sua categoria ao tocar por cobertura na saída do goleiro: 2 a 0 e samba na comemoração.


Na sequência, um lance lindo do craque Falcão. No contra-ataque rápido após a saída de bola, o ala deu um lençol no adversário e mandou de bicicleta para fora. Mesmo jogando em um ritmo mais lento, e com muita alternância de atletas em quadra, o Brasil manteve o domínio. Aos oito, Falcão arrancou pelo meio e chutou forte, raspando a trave. Em seguida, lance espetacular de Jackson. O ala passou pela zaga com um ‘rolinho’ e chutou, mas o arqueiro ucraniano espalmou novamente.


A cinco minutos do fim, Marinho fez boa jogada pela esquerda, entrou na área e foi derrubado por Legchanov. Na cobrança do pênalti, Falcão soltou a bomba e mandou a bola no travessão. Mas ainda tinha tempo para mais um gol. Na cobrança de escanteio, Neto pegou de primeira no alto e fez o terceiro, aos 17 minutos.


Com a vantagem construída, o Brasil administrou o jogo e conseguiu sair com mais uma tranquila vitória no Desafio Internacional de Futsal: 3 a 0. Após a partida, Falcão analisou o resultado e lamentou não ter balançado a rede.


– Acabei não indo muito bem no jogo como o resto do time, mas aquela bicicleta poderia ter entrado – disse o craque, que tem 302 gols pela equipe canarinho.

Jornal Midiamax