Geral

Mulher é 3ª infectada por doença ‘misteriosa’ em São Carlos

Uma moradora de 28 anos de São Carlos, a 213 km de São Paulo, está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa com os mesmos sintomas da doença desconhecida que matou dois irmãos que moravam no município. Os sintomas são febre, manchas pelo corpo, tosse, dor de garganta e dificuldades respiratórias – […]

Arquivo Publicado em 23/09/2011, às 15h49

None

Uma moradora de 28 anos de São Carlos, a 213 km de São Paulo, está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa com os mesmos sintomas da doença desconhecida que matou dois irmãos que moravam no município. Os sintomas são febre, manchas pelo corpo, tosse, dor de garganta e dificuldades respiratórias – os mesmos apresentados por André Brisolari, 31 anos, e Alessandra Brisolari, 39 anos, mortos no início do mês. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo o secretário da Saúde de São Carlos, Artur Pereira, o estado da paciente, que não teve o nome revelado, é grave, porém estável. Ela respirava sem a ajuda de aparelhos e deve ficar em observação. No município, todos os serviços de saúde foram avisados para alertar sobre outros casos. A Vigilância Epidemiológica encaminhou exames realizados na mulher para o Instituto Adolfo Lutz – o diagnóstico deve ser apresentado em até 30 dias. Ela era medicada com antibióticos e drogas indicadas para o vírus H1N1, que causa a gripe A.

Sobre os óbitos, Pereira disse que exames iniciais já descartaram meningite, dengue hemorrágica, hantavirose, febre amarela, febre maculosa, leptospirose e o vírus H1N1. A prefeitura orienta que as pessoas evitem ambientes pouco ventilados, que lavem constantemente as mãos e que redobrem as medidas de higiene pessoal. “Trata-se de uma doença que evolui para óbito rapidamente, por isso, a necessidade da notificação”, disse.

Jornal Midiamax