Homem invadiu o emprego da mulher e a surrou; preso, ele disse que bateu na mulher por ela ter contaminado ele. A doméstica disse que nunca escondeu a doença e o homem ignorava os cuidados que devia tomar

Um homem de 33 anos de idade invadiu uma residência por volta das 10h50 desta quinta-feira (11) no bairro Nova Minas Gerais em Campo Grande e agrediu a namorada Lígia Carvalho de Jesus da Silva, 40, que é domestica na residência.

O agressor disse à polícia que bateu na mulher com quem vivia uma relação amorosa há um ano porque ela teria infectado ele com o vírus da Aids. “Ele sempre soube que eu sou soro positiva, ele nunca quis se proteger. Eu sempre disse a ele para tomar cuidado”, disse a mulher. 

Lígia conta que o namorado começou a gritar do lado de fora da casa, tentou quebrar uma porta de blindex e como não conseguiu, pulou o muro e a agrediu com socos e arranhões no corpo e na boca.

“Ele me disse assim: agora você vai pagar pelo que você fez isso é só o começo, eu vou te matar”, disse ela com os lábios inchados, marcas no rosto, arranhões e a blusa rasgada.

O autor está preso no 1º DP por agressão e invasão da casa. (Colaborou Eliane Souza)