Geral

MTV é condenada a pagar R$ 40 mil para pais ofendidos com “Casa dos Autistas”

Ana Maria Carvalho Elias Braga e Carlos Braga, pais de dois meninos autistas, Rafael e Renato, ganharam na Justiça de São Paulo o direito à indenização por danos morais pelo Grupo Abril devido à exibição pela MTV, em 22 de março deste ano, do quadro “Casa dos Autistas”. Na atração, parte do humorístico “Comédia MTV”, […]

Arquivo Publicado em 30/11/2011, às 18h32

None
1006147895.jpg

Ana Maria Carvalho Elias Braga e Carlos Braga, pais de dois meninos autistas, Rafael e Renato, ganharam na Justiça de São Paulo o direito à indenização por danos morais pelo Grupo Abril devido à exibição pela MTV, em 22 de março deste ano, do quadro “Casa dos Autistas”.


Na atração, parte do humorístico “Comédia MTV”, atores simularam trejeitos e urros que foram atribuídos às pessoas com autismo, por três minutos, o que provocou revolta em parte do público.


A síndrome pode causar déficits na comunicação e na interação social, além de comportamentos repetitivos, mas as manifestações variam de pessoa para pessoa.


O juiz João Omar Marçura, da 24ª Vara Cível da capital, afirmou na decisão que a cena causou “danos gravíssimos aos autistas, seus familiares e pessoas que com eles convivem e os respeitam” e não aceitou o argumento de que as imagens foram exibidas uma vez na TV, pois elas se alastraram pela internet.


A empresa terá de pagar R$ 40 mil à família –o pedido era de R$ 100 mil. “Acima doo valor financeiro, que não era a nossa preocupação, a sentença me lavou a alma. O juiz entendeu a nossa sensação diante da agressão sofrida e marcou a história de lutas por respeito não só dos autistas, mas de vários outros grupos sociais”, afirmou Ana.


BABAQUICE
O humorista Paulinho Serra, que estava no quadro “Casa dos Autistas”, por sua vez, disse à Folha que “essa perseguição ao humor é uma grande babaquice”.


“Tenho medo de ser preso qualquer hora por fazer uma piada no palco”, diz ele.


“Sou a favor da reparação, nos reparamos ao vivo dentro do programa do Adnet”, que também faz parte do “Comédia” e se desculpou à época pelo Twitter.


Ele lembra que a MTV veiculou na programação esclarecimentos sobre o autismo.


“Fico triste que estejamos no caminho da condenação. Querem prender o Rafinha Bastos por causa de uma piada, execrar o Danilo Gentili, e agora fazem uma emissora de TV pagar uma multa por algo que tenho certeza que não vai mudar nada.”


A MTV não se pronunciou oficialmente por não ter sido notificada pela Justiça.

Jornal Midiamax