MS tem seis municípios em risco de surto de dengue, aponta Ministério da Saúde

Campo Grande, Corumbá, Coxim, Nova Alvorada do Sul, Naviraí e Três Lagoas são as cidades que estão em estado de alerta por conta da infestação do Aedes aegypti.
| 05/12/2011
- 23:18
MS tem seis municípios em risco de surto de dengue, aponta Ministério da Saúde

Campo Grande, Corumbá, Coxim, Nova Alvorada do Sul, Naviraí e Três Lagoas são as cidades que estão em estado de alerta por conta da infestação do Aedes aegypti.

Levantamento divulgado nesta segunda-feira (05) pelo Ministério da Saúde indica que Mato Grosso do Sul tem seis municípios entre os 48 que estão em situação de risco para ocorrência de surto de dengue em todo o Brasil.

Coxim é a cidade que apresenta maior risco. Conforme o mapa, a cidade tem índice de infestação predial de 1,9%. Número bem acima de Três Lagoas e Naviraí, com 1,4%, e Campo Grande, Corumbá e Nova Alvorada do Sul, que têm 1%.

Ponta Porã e Jardim são as cidades que mais se destacaram no combate ao mosquito. De acordo com o levantamento, o município fronteiriço, que em 2010 apresentava índice de 1,8%, conseguiu reduzir sua infestação para R$ 0,4. Já em Jardim esse número despencou de 2,2% para 0,3%.

A infestação cresceu principalmente em Naviraí. No ano passado o município apresentava 0,6%, e no levantamento atual esse número saltou para 1,4%.

“As cidades que estão em situação de alerta, não podem baixar a guarda: ao contrário, devem intensificar suas ações. Já os municípios em situação de baixo risco podem migrar para uma grande epidemia”, alertou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

A LIRAa (Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti) 2011, que permite identificar onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, foi realizado entre os meses de outubro e novembro deste ano em parceira com as secretarias municipais de saúde.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias