Geral

Moradores de rua fazem ponto de ônibus de casa em Ponta Porã

Moradores da Rua Tiradentes e usuários do transporte coletivo de Ponta Porã denunciaram que andarilhos estão utilizando um ponto de ônibus localizado nas proximidades da Escola Estadual Adê Marques, no centro da cidade, como local de moradia e banheiro público. Uma mulher, cujo nome não será divulgado por medida de segurança, expressou sua indignação com […]

Arquivo Publicado em 26/01/2011, às 12h23

None

Moradores da Rua Tiradentes e usuários do transporte coletivo de Ponta Porã denunciaram que andarilhos estão utilizando um ponto de ônibus localizado nas proximidades da Escola Estadual Adê Marques, no centro da cidade, como local de moradia e banheiro público.

Uma mulher, cujo nome não será divulgado por medida de segurança, expressou sua indignação com o fato. “Sou usuária de um serviço, pago todos os meus impostos e não tenho sossego para sentar no ponto de ônibus e esperar meu transporte, pois em média tem de cinco a seis homens lá dormindo e o cheiro de urina e fezes é insuportável”, disse ela. “

Segundo o site Mercosul News, além da presença de indigentes, que ‘guardam’ até colchões atrás da cobertura, o mau cheiro é muito forte. Segundo moradores próximos, os desocupados chegam ao local a partir das 17h e só levantam após as 7h do dia seguinte.

“Ao meio-dia eles também aparecem aí novamente”. Os queixosos disseram entender que a rua é pública e os andarilhos têm direito de estar lá, “mas o direito deles acaba quando interfere nos direitos dos outros”, concluíram.

Jornal Midiamax