Mais um grupo de moradores da periferia da Capital será encaminhado na manhã desta quinta-feira (24), para teste e eventual contratação nas indústrias de confecções instaladas em Campo Grande.

Até agora, o Programa já chegou a 73 bairros com 2.550 pessoas formadas ou em qualificação nos cursos de costura industrial, pedreiro, eletricista e informática básica disponibilizados pelo (Sesi Serviço Social da Indústria) e Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Grupos formados

 Nesta etapa, o grupo formado por 41 moradores da região do Noroeste, capacitados em costura industrial pelo Senai, é o segundo encaminhado para atender a demanda da fábrica da Kabriolli em Campo Grande. O primeiro grupo, que foi levado até a indústria de confecção no fim de agosto deste ano, era composto por 20 moradoras do bairro Los Angeles.

Com o grupo que será encaminhado desta vez, sobe para cinco o número de turmas de trabalhadores qualificados pelo Senai e enviados para as indústrias de confecções da Capital. Portanto, foram duas turmas para Universo Íntimo, Kabriolli (2 turmas), Cativa Têxtil (1) e Agosto Confecções (1).

Para o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de MS), Sérgio Longen, o encaminhamento do quinto grupo de profissionais capacitados no Programa Ação Fiems confirma o sucesso do novo formato de formação profissional adotado neste ano.

“Com mais essa etapa da Ação Fiems, cumprimos nosso compromisso de qualificar e encaminhar os trabalhadores capacitados pelo Senai ao mercado de trabalho. É uma ação que começou com o pré-cadastramento dos moradores, início e conclusão dos cursos e entrega dos certificados para os formandos”, pontuou Sérgio Longen.