Geral

Monti se encontrará com Obama, anuncia embaixador

O primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, terá uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conforme anunciou nesta sexta-feira (2) , o embaixador norte-americano em Roma, David Thorne.    “Com certeza eles se encontrarão, ainda não sabemos exatamente quando, mas este encontro está previsto, é certo”, disse ele em coletiva de imprensa.    […]

Arquivo Publicado em 02/12/2011, às 18h30

None

O primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, terá uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conforme anunciou nesta sexta-feira (2) , o embaixador norte-americano em Roma, David Thorne.

“Com certeza eles se encontrarão, ainda não sabemos exatamente quando, mas este encontro está previsto, é certo”, disse ele em coletiva de imprensa.

Ontem, o mandatário norte-americano comentou que os acontecimentos na Itália e nos outros países da União Europeia (UE) “podem ter um forte impacto sobre nós”. Apesar do alerta, Obama se disse “razoavelmente confiante e otimista” sobre a capacidade dos líderes da UE de tomarem “as decisões certas” para resolver a crise na zona do euro.

O diplomata dos Estados Unidos reafirmou hoje a opinião de Obama, afirmando que seu país está “muito interessado” na atual situação econômica da Europa, uma vez que o continente “forte é muito importante para a recuperação da economia americana”.

Thorne ainda manifestou confiança nas decisões do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Dragui, e ressaltou que as reformas de austeridade são “um desafio para todos os países, inclusive para a Itália”.

O anúncio é dado um dia após a confirmação de um encontro entre o premier italiano com o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, para 7 de setembro, antes da cúpula da UE.

O encontro europeu, que correrá nos próximos dias 8 e 9, promete lançar novas propostas para a organização do bloco econômico para reduzir os déficits e as dívidas públicas dos países e restaurar a confiança dos mercados nas nações.

Jornal Midiamax