Moka elogia programa de combate ao crack anunciado por Dilma

O senador Waldemir Moka (PMDB) elogiou o programa de enfrentamento ao crack, lançado pela presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira (7), no Palácio do Planalto.Em pronunciamento na tribuna do Senado, Moka destacou o fato de o governo federal ter anunciado investimentos de R$ 4 bilhões nas ações de combate ao crack. “Saí muito satisfeito do Palácio […]
| 08/12/2011
- 00:47
Moka elogia programa de combate ao crack anunciado por Dilma

O senador Waldemir Moka (PMDB) elogiou o programa de enfrentamento ao crack, lançado pela presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira (7), no Palácio do Planalto.Em pronunciamento na tribuna do Senado, Moka destacou o fato de o governo federal ter anunciado investimentos de R$ 4 bilhões nas ações de combate ao crack.

“Saí muito satisfeito do Palácio do Planalto porque percebi que o programa é sério e que não foi lançado apenas para dar resposta à sociedade, que cobra medidas urgentes para combater esses problemas”, afirmou.

Membro da Subcomissão de Polítias Sociais sobre Dependentes Químicos do Senado, Moka destacou discurso do ministro José Eduardo Cardozo, que prometeu combater com rigor a entrada de droga no Brasil por meio das fronteiras.

“Fiscalizar com mais rigor nossas fronteiras é a decisão mais acertada. Não adianta correr atrás da droga depois que ela foi distribuída nos grandes centros”, disse.

Moka afirma que o objetivo do programa é aumentar a oferta de tratamento de saúde aos usuários de drogas, além de combater o tráfico e as organizações criminosas.

O senador disse que o Sistema Único de Saúde (SUS) terá papel importante nas ações anunciadas pelo governo. A expectativa é criar 2.462 leitos em todo o país até 2014. O investimento total previsto é de pouco mais de R$ 670 milhões. O valor da diária de internação passará de R$ 57 para R$ 200.

“Sempre defendi que o valor da diária fosse aumentado. Isso aconteceu, o que me faz crer que, pela primeira vez, um programa desse porte irá funcionar de verdade”, afirmou.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias