Geral

Moka diz que ambiente é ideal para fazer reforma política

O senador Waldemir Moka (PMDB) considera o momento ideal para discutir a reforma do sistema político brasileiro. Ele acredita que a proposta avançará no Congresso Nacional na atual legislatura porque percebe que o tema começou a ganhar espaço nos partidos políticos. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), começou a indicar nesta semana os integrantes […]

Arquivo Publicado em 09/02/2011, às 22h31

None

O senador Waldemir Moka (PMDB) considera o momento ideal para discutir a reforma do sistema político brasileiro. Ele acredita que a proposta avançará no Congresso Nacional na atual legislatura porque percebe que o tema começou a ganhar espaço nos partidos políticos.


O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), começou a indicar nesta semana os integrantes da comissão que irá discutir a revisão das leis eleitorais. “Creio que não há mais volta. Vamos mudar o sistema para melhorar o nível da política no país”, observou Moka, em aparte nesta quarta-feira (9) ao pronunciamento do senador Jayme Campos (DEM-MT).


Moka afirmou que a dúvida sobre a quem pertence o mandato parlamentar só será resolvida com a reforma. Liminar da ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, garante a posse de suplentes do mesmo partido do deputado ou do senador eleito que se licenciou para assumir funções em seus Estados.


O senador lembrou que sempre defendeu a reforma do sistema político, sobretudo em relação à fidelidade partidária. “Acho que tenho base para falar sobre fidelidade porque nunca mudei de partido. Estou no PMDB desde 1978, quando a legenda ainda se chamava MDB”, comentou.

Jornal Midiamax