Geral

Ministro da Saúde anuncia força-tarefa para resgate de vítimas de catástrofes

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou hoje (4) a criação de uma força-tarefa especializada em resgates de vítimas de desastres naturais. A força de resgate será formada por uma equipe do Sistema Único de Saúde (SUS), das Forças Armadas, de estados e municípios. “Nós sentimos necessidade a partir dessa intervenção que o Ministério da […]

Arquivo Publicado em 04/02/2011, às 22h36

None

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou hoje (4) a criação de uma força-tarefa especializada em resgates de vítimas de desastres naturais. A força de resgate será formada por uma equipe do Sistema Único de Saúde (SUS), das Forças Armadas, de estados e municípios.


“Nós sentimos necessidade a partir dessa intervenção que o Ministério da Saúde fez na região serrana do Rio de Janeiro. Já temos cerca de 100 profissionais capacitados para situações como essas, de enchentes e inundações”, explicou o ministro.


Padilha disse que o objetivo é aperfeiçoar a atuação e a composição dessa equipe. “Vamos profissionalizar, de forma planejada, a existência no Brasil, no conjunto da rede do SUS, de uma grande equipe nacional que possa ser mobilizada em situações de resgate, que seja capacitada regularmente e que cada hospital universitário tenha uma equipe como essa”.


O ministro também anunciou a construção de um hospital especializado em oncologia no município de Nova Friburgo, para atender à população da região serrana. “A secretaria estadual, junto com a prefeitura, já desapropriou o terreno e vai apresentar o projeto ao Ministério da Saúde”.


Padilha afirmou que o instituto também vai atender casos de reabilitação fisioterapêutica, de pessoas que sofreram acidentes ortopédicos durante as enchentes. Para o tratamento oncológico, ele disse que será feita parceria com o Instituto Nacional do Câncer (Inca).


“O Inca tem um papel decisivo em todo o sistema único de saúde. Acompanha os programas de tratamento e prevenção, então certamente terá um papel no apoio técnico a esse novo instituto, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde”.

Jornal Midiamax