Geral

Metalúrgicos de SP param por mínimo de R$ 580 e correção da tabela do IR

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes promove hoje (9) uma manifestação pelo aumento do salário mínimo para R$ 580 e pela correção da tabela de cobrança do Imposto de Renda (IR). Trabalhadores de 19 fábricas estão parados desde as 7h e devem permanecer assim por até duas horas. Esses trabalhadores […]

Arquivo Publicado em 09/02/2011, às 11h56

None

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes promove hoje (9) uma manifestação pelo aumento do salário mínimo para R$ 580 e pela correção da tabela de cobrança do Imposto de Renda (IR). Trabalhadores de 19 fábricas estão parados desde as 7h e devem permanecer assim por até duas horas.

Esses trabalhadores também participam de um ato político na região leste da capital paulista. De acordo com o sindicato, cerca de 15 mil pessoas estão presentes na manifestação.

Além da elevação do mínimo e da correção da tabela do IR, os trabalhadores reivindicam aumento real para os aposentados que ganham mais do que o piso nacional.

O governo federal já informou que os três assuntos serão decididos juntos. Informou também que não pretende subir o mínimo para além dos R$ 545 anunciados.

Jornal Midiamax