Geral

Márcio Fortes é indicado para presidir Autoridade Olímpica

O ex-ministro das Cidades Márcio Fortes foi escolhido nesta terça-feira (21) pela presidente Dilma Rousseff para assumir a presidência da Autoridade Pública Olímpica, cargo imediatamente inferior em hierarquia ao Conselho Público Olímpico, comandado pelo ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles. A indicação ainda terá de ser confirmada em sabatina no Senado. O mandato d...

Arquivo Publicado em 21/06/2011, às 22h59

None

O ex-ministro das Cidades Márcio Fortes foi escolhido nesta terça-feira (21) pela presidente Dilma Rousseff para assumir a presidência da Autoridade Pública Olímpica, cargo imediatamente inferior em hierarquia ao Conselho Público Olímpico, comandado pelo ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles.


A indicação ainda terá de ser confirmada em sabatina no Senado. O mandato de Fortes será de quatro anos, renováveis por mais quatro. Em entrevista no Palácio do Planalto, Fortes disse que vai trabalhar para cumprir o cronograma das obras.


“Temos que trabalhar para que as coisas aconteçam a tempo. Temos que acompanhar com cuidado o cronograma das obras”, afirmou.


Fortes explicou que caberá a Meirelles cuidar de assuntos de “maior importância”, como aprovar orçamentos, projetos, matriz de responsabilidades, enquanto o presidente da APO deverá garantir a execução das medidas determinadas pelo ex-presidente do BC.


“Como em qualquer empresa, há um CEO, que é a presidência do APO”, disse.

Jornal Midiamax