Geral

Mano comanda treino tático e exige posse de bola e marcação forte

O técnico Mano Menezes começou a dar uma cara à Seleção Brasileira que vai iniciar a Copa América, no próximo dia 3 de julho, contra a Venezuela, em La Plata. Se a definição não foi com peças, o treinador já mostrou na atividade desta sexta-feira o que pretende ver dos seus comandados na parte tática. […]

Arquivo Publicado em 24/06/2011, às 21h25

None

O técnico Mano Menezes começou a dar uma cara à Seleção Brasileira que vai iniciar a Copa América, no próximo dia 3 de julho, contra a Venezuela, em La Plata. Se a definição não foi com peças, o treinador já mostrou na atividade desta sexta-feira o que pretende ver dos seus comandados na parte tática. Marcação forte e busca incansável pela posse de bola. O treinamento contou com a participação dos meias Elano e Paulo Henrique Ganso e do atacante Neymar, todos do Santos, que se juntaram à equipe na última quinta-feira. Com a chegada dos três, todos os 23 jogadores já estão à disposição do treinador.


 Após o aquecimento, os jogadores da Seleção Brasileira foram divididos em dois times de 11. Ainda sem a cara do time principal, mas com o posicionamento que Mano quer ver na Copa América. A escalação com o maior número de prováveis titulares foi a seguinte: Julio César, Daniel Alves, Lúcio, David Luiz e Adriano; Lucas Leiva, Elano, Lucas e Paulo Henrique Ganso; Fred e Robinho.


A outra equipe foi escalada com a seguinte formação: Victor (Jefferson), Maicon, Luisão, Thiago Silva e André Santos; Sandro, Ramires, Elano e Jadson; Neymar e Alexandre Pato. Mano parou a atividade em vários momentos para orientar os seus comandados, principalmente o posicionamento dos marcadores na saída de bola dos adversários.


Após uma hora de atividade, Elano, Ganso e Neymar deixaram o gramado. Os três foram poupados e seguiram para o hotel acompanhados do fisioterapeuta Odir Cunha.

Jornal Midiamax