Geral

Mais rápido do planeta, Cielo voa nos 50m e puxa dobradinhha com Fratus

Do nadador mais rápido do planeta, não dava para esperar outra coisa nos Jogos Pan-Americanos. Cesar Cielo caiu na água na noite desta quinta-feira para disputar sua prova favorita, o tiro curto dos 50m livre. Só precisou de 21s58 para voar na piscina de Guadalajara, confirmar o favoritismo e, de quebra, bater seu próprio recorde […]

Arquivo Publicado em 21/10/2011, às 00h46

None

Do nadador mais rápido do planeta, não dava para esperar outra coisa nos Jogos Pan-Americanos. Cesar Cielo caiu na água na noite desta quinta-feira para disputar sua prova favorita, o tiro curto dos 50m livre. Só precisou de 21s58 para voar na piscina de Guadalajara, confirmar o favoritismo e, de quebra, bater seu próprio recorde pan-americano. Atrás dele, completando a dobradinha verde-amarela, veio Bruno Fratus, com 22s05. Para completar, o mesmo roteiro do Campeonato Mundial: a exemplo do que tinha acontecido em Xangai, Bruno teve sua bermuda rasgada antes da prova e usou uma emprestada de Cielo. O bronze ficou com o cubano Hanser García, que nadou em 22s15.


A festa só não foi completa para Cielo porque ainda não será desta vez que o técnico Albertinho vai raspar a barba. O combinado era que isso aconteceria se o tempo ficasse abaixo de 21s30, mas o treinador salvou sua barba por 28 centésimos.


O episódio da bermuda tinha chamado atenção nas semifinais dos 50m livre no Mundial de Xangai. Fratus surpreendeu ao fazer o melhor tempo na prova que valeu vaga para final na China e, ao sair da água, revelou ter nadado com uma bermuda emprestada de Cielo, já que a sua rasgou pouco antes da disputa. Em Guadalajara, o roteiro se repetiu, e o campeão olímpico teve de ceder o material de novo ao compatriota.

Jornal Midiamax