Geral

Mãe mantinha filha com deficiência mental em cárcere privado em Campo Grande

A Polícia Civil resgatou nesta quarta-feira (23) uma mulher com problemas mentais que era mantida trancafiada em um quarto fechado com correntes pela família no bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande. Eles chegaram ao local após denúncia sobre os maus tratos que a vítima sofria. Segundo a polícia, a mulher tem 38 anos de idade […]

Arquivo Publicado em 23/06/2011, às 11h40

None

A Polícia Civil resgatou nesta quarta-feira (23) uma mulher com problemas mentais que era mantida trancafiada em um quarto fechado com correntes pela família no bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande. Eles chegaram ao local após denúncia sobre os maus tratos que a vítima sofria.


Segundo a polícia, a mulher tem 38 anos de idade e sofre de oligofrania profunda, doença que causa déficit de inteligência. Ela foi encontrada nua, apenas com um cobertor em meio a fezes e urina. O quarto não possui iluminação elétrica e nem solar.


A mãe da mulher, Maria Joana Xavier Pereira, alegou que cria a filha sem apoio de instituições e que estava aguardando providências para encaminhar a filha a um hospital psiquiátrico. ela ainda confirmou que filha foi aposentada e admitiu que recebe beneficio previdenciário.


Porém, também não dava à filha acompanhamento psiquiátrico especifico. Representantes do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Consep/MS) foram ao local e a mulher deve ser encaminhada para receber tratamento adequado.

Jornal Midiamax