Geral

Luxa se recusa a falar sobre Adriano: ‘Se for isso, vou me retirar da entrevista’

Vanderlei Luxemburgo diz que o assunto Adriano é passado, mas o tema é recorrente no Flamengo. E irrita o técnico. Durante entrevista coletiva no Ninho do Urubu, na tarde desta sexta-feira, ele se recusou a dizer se estaria insatisfeito com a forma como a presidente Patricia Amorim conduziu uma possível volta do Imperador e se […]

Arquivo Publicado em 18/03/2011, às 22h05

None

Vanderlei Luxemburgo diz que o assunto Adriano é passado, mas o tema é recorrente no Flamengo. E irrita o técnico. Durante entrevista coletiva no Ninho do Urubu, na tarde desta sexta-feira, ele se recusou a dizer se estaria insatisfeito com a forma como a presidente Patricia Amorim conduziu uma possível volta do Imperador e se poderia deixar o clube caso o atacante fosse contratado.


– Tem o meu assessor de imprensa e tem eu. Pelo menos dá uma ligadinha. Se falarem que sou viado, vão dizer que sou viado? É complicado. Eu que vou ter que explicar se alguém falou isso. É duro, complicado, mas é uma realidade. O jornalista tem um cara que cola em alguém, falou que viu o Luxa assim, assado. Vocês têm de confirmar com quem passou a informação. Não vou justificar isso aqui. Eu não fui consultado e nem a minha assessoria de imprensa. Tem de buscar a informação com quem vocês pegaram. Vai continuar essa falta de respeito – disse, sem negar a informação.


Diante de novas questões sobre o assunto, o técnico discutiu com um repórter e ameaçou sair da sala de entrevistas.


– O que tinha que falar, falei lá atrás (após o jogo contra Bangu, em Macaé). Se for para bater boca, vamos bater boca. Não me interessa esse assunto, já falei. Se for isso, eu vou me retirar da entrevista. Se for assim, é falta de respeito. Sobre esse assunto eu não falo mais, vai ficar desagradável. O que está acontecendo, essa atmosfera, se incomoda ou não, para mim já passou. Sou calejado sobre isso.


No último dia 10, Luxemburgo afirmou que Adriano estava fora da filosofia adotada no Flamengo e que não seria contratado. A decisão, segundo ele, havia sido tomada em conjunto com Patricia Amorim. No entanto, pouco antes da entrevista coletiva do treinador, em Macaé, a mandatária afirmara que ainda iria procurá-lo para tratar do tema. No dia seguinte, a diretoria divulgou nota oficial para ratificar as palavras de Luxa. O texto foi publicado no site do clube pouco depois da entrevista de Ronaldinho Gaúcho, quando o camisa 10 disse que as portas da casa dele estão sempre abertas para Adriano e que “no futebol as coisas mudam rapidamente”.

Jornal Midiamax