Geral

Kanye West, Adele e Foo Fighters se destacam na disputa pelo Grammy

O rapper Kanye West obteve nesta quarta-feira (30) o maior número de indicações para a 54ª edição do Grammy, em sete categorias, enquanto a cantora britânica Adele, o havaiano Bruno Mars e a banda americana Foo Fighters concorrem a seis prêmios cada. A categoria álbum do ano, principal do Grammy, será disputada por Adele (“21”), Bruno Mars […]

Arquivo Publicado em 01/12/2011, às 11h24

None
1286008850.jpg

O rapper Kanye West obteve nesta quarta-feira (30) o maior número de indicações para a 54ª edição do Grammy, em sete categorias, enquanto a cantora britânica Adele, o havaiano Bruno Mars e a banda americana Foo Fighters concorrem a seis prêmios cada.


A categoria álbum do ano, principal do Grammy, será disputada por Adele (“21”), Bruno Mars (“Doo-Wops & Hooligans”), Foo Fighters (“Wasting Light”), Lady Gaga (“Born This Way”) e Rihanna (“Loud”).


Já os candidatos ao prêmio de gravação do ano –que reconhece o melhor intérprete musical– são Adele (“Rolling in the Deep”), Bruno Mars (“Grenade”), Mumford & Sons (“The Cave”), Katy Perry (“Firework”) e Bon Iver (“Holocene”), este último uma das surpresas da noite por ter recebido quatro indicações.


Adele, Bruno Mars, Mumford & Sons e Bon Iver também foram indicados para a homenagem de música do ano –que reconhece o melhor compositor– pelas letras que já lhes deram a candidatura de interpretação. Além deles, Kanye West está no páreo com “All of the Lights”.


O Grammy de melhor revelação do ano será disputado por Bon Iver, J. Cole, The Band Perry, Nicki Minaj e DJ Skrillex, outra surpresa da noite, com cinco indicações.


Outros nomes de destaque da noite, com várias indicações, foram o rapper Lil Wayne (5 categorias), Rihanna (4), Radiohead (4), Coldplay (4), Taylor Swift (3), Eminem (3), Beyoncé (2) e Foster The People (2).


Os porto-riquenhos Calle 13 parecem partir como favoritos na categoria de melhor álbum latino pop, rock ou urbano após arrasar na cerimônia do Grammy Latino realizada em novembro com seu “Entren los que quieran”, mas dessa vez terão novos oponentes.


Os mexicanos Maná também obtiveram uma postulação por “Drama y luz”, assim como o cantor de raízes mexicanas Gustavo Galindo com seu disco de estreia “Entre la ciudad y el mar”. Dois grupos venezuelanos também concorrem ao prêmio: Los Amigos Invisibles (“Not so Commercial”) e La Vida Boheme (“Nuestra”).


Outros venezuelanos reconhecidos nesta quarta-feira foram o diretor da Orquestra Filarmônica de Los Angeles, Gustavo Dudamel, que disputará o Grammy de melhor performance orquestral pela Sinfonia número 4 de Brahms, enquanto o músico autodidata Alejandro Zamora foi indicado ao melhor álbum new age por “Instrumental Oasis, Vol. 6”


Apenas três discos foram selecionados para a categoria de melhor álbum tropical latino: “Homenaje a los rumberos” (Edwin Bonilla), “The Last Mambo” (Cachao) e “Mongorama (José Rizo’s Mongorama).


O compositor argentino Carlos Franzetti obteve uma candidatura ao melhor arranjo instrumental por “Song Without Words” e Arturo O’Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra ganharam uma nomeação à categoria de melhor álbum jazz de grande banda, por “40 Acres And A Burro”.


O anúncio dos indicados ocorreu em uma cerimônia de gala realizada no teatro Nokia de Los Angeles. Começou com uma atuação de Lady Gaga, que chegou ao palco com uma maquiagem cadavérica para interpretar “Marry The Night”.


A cerimônia da 54ª edição do Grammy será realizada em 12 de fevereiro no pavilhão Staples Center dessa mesma cidade californiana e será retransmitida nos Estados Unidos pela emissora “CBS”.


VEJA A LISTA DOS INDICADOS


Gravação do ano:
— “Rolling In The Deep”, Adele
— “Holocene”, Bon Iver
— “Grenade”, Bruno Mars
— “The Cave”, Mumford & Sons
— “Firework”, Katy Perry


Álbum do ano:
— “21”, Adele
— “Wasting Light”, Foo Fighters
— “Born This Way”, Lady Gaga
— “Doo-Wops & Hooligans”, Bruno Mars
— “Loud”, Rihanna


Canção do ano:
— “All Of The Lights”, Jeff Bhasker, Malik Jones, Warren Trotter e Kanye West
— “The Cave”, Ted Dwane, Ben Lovett, Marcus Mumford y Country Winston
— “Grenade”, Brody Brown, Claude Kelly, Philip Lawrence, Ari Levine, Bruno Mars y Andrew Wyatt
— “Holocene”, Justin Vernon
— “Rolling In The Deep”, Adele Adkins y Paul Epworth


Artista revelação:
— The Band Perry
— Bon Iver
— J. Cole
— Nicki Minaj
— Skrillex


Melhor Álbum Pop:
— “My world 2.0”, Justin Bieber
— “The Fame Monster”, Lady Gaga
— “Battle Studies”, John Mayer
— “Teenage Dream”, Katy Perry
— “I Dreamed a Dream”, Susan Boyle


Melhor performance Pop Solo:
— “Someone Like You”, Adele
— “You And I”, Lady Gaga
— “Grenade”, Bruno Mars
— “Firework”, Katy Perry
— “F***in’ Perfect”, Pink


Melhor performance Pop Duo ou Grupo
— “Body And Soul”, Tony Bennett e Amy Winehouse
— “Dearest”, The Black Keys
— “Paradise”, Coldplay
— “Pumped Up Kicks”, Foster The People
— “Moves Like Jagger”, Maroon 5 e Christina Aguilera


Melhor Álbum Pop Instrumental:
— “Wish Upon A Star”, Jenny Oaks Baker
— “E Kahe Malie”, Daniel Ho
— “The Road From Memphis”, Booker T. Jones
— “Hello Tomorrow”, Dave Koz
— “Setzer Goes Instru-Mental!”, Brian Setzer


Melhor Álbum Vocal Pop:
— “21”, Adele
— “The Lady Killer”, Cee Lo Green
— “Born This Way”, Lady Gaga
— “Doo-Wops & Hooligans”, Bruno Mars
— “Loud”, Rihanna


Melhor Álbum Rock:
— “Rock ‘N’ Roll Party Honoring Les Paul”, Jeff Beck
— “Wasting Light”, Foo Fighters
— “Come Around Sundown”, Kings Of Leon
— “I’m With You”, Red Hot Chili Peppers
— “The Whole Love”, Wilco


Melhor or Álbum de Música Alternativa:
— “Bon Iver”, Bon Iver
— “Codes And Keys”, Death Cab For Cutie
— “Torches”, Foster The People
— “Circuital”, My Morning Jacket
— “The King Of Limbs”, Radiohead


Melhor Álbum de Rap:
— “Watch The Throne”, Jay-Z y Kanye West
— “Tha Carter IV”, Lil Wayne
— “Lasers”, Lupe Fiasco
— “Pink Friday”, Nicki Minaj
— “My Beautiful Dark Twisted Fantasy”, Kanye West


Melhor Álbum Latino Pop, Rock ou Urbano:
— “Entren los que Quieran”, Calle 13
— “Entre la Ciudad y el Mar”, Gustavo Galindo
— “Nuestra”, La Vida Bohème
— “Not so Commercial”, Los Amigos Invisibles
— “Drama y Luz”, Maná

Jornal Midiamax