Geral

Júnior Cigano promete: ‘Serei o campeão peso-pesado no sábado’

O brasileiro Júnior Cigano demonstrou muito respeito ao atual campeão dos pesos-pesados do UFC, Cain Velásquez, seu adversário no próximo sábado no UFC: Velásquez x Dos Santos, nesta quarta-feira, durante a coletiva de imprensa do evento, em Anaheim, EUA. Com uma torcida predominantemente mexicana presente, o catarinense inclusive se esquivou de uma pergunta sobre se […]

Arquivo Publicado em 09/11/2011, às 23h46

None

O brasileiro Júnior Cigano demonstrou muito respeito ao atual campeão dos pesos-pesados do UFC, Cain Velásquez, seu adversário no próximo sábado no UFC: Velásquez x Dos Santos, nesta quarta-feira, durante a coletiva de imprensa do evento, em Anaheim, EUA. Com uma torcida predominantemente mexicana presente, o catarinense inclusive se esquivou de uma pergunta sobre se seu oponente era o melhor lutador da categoria. Sua declaração mais forte aconteceu antes da coletiva, quando afirmou que o cinturão vai mudar de dono neste fim de semana.


– Vou conquistar o título. Estou realmente confiante que serei o campeão peso-pesado no sábado – declarou Cigano em entrevista ao site “MMA Fighting”, concedida poucas horas antes da coletiva de imprensa.


Durante o evento desta quarta, o catarinense foi questionado sobre uma declaração sua de que os campeões do UFC não são necessariamente os melhores lutadores de suas respectivas categorias. Em sua resposta, ele tentou evitar uma provocação ao adversário de sábado.


– Eu disse isso, mas acho que, neste caso, o Cain Velásquez é o peso-pesado número 1 agora. Mas quero mudar isso no sábado – respondeu.


De resto, foi muito respeito de ambas as partes. Tanto Velásquez quanto Cigano previram uma guerra e elogiaram os estilos um do outro. Enquanto o brasileiro disse que não vê a luta chegando ao quinto round, o americano de descendência mexicana afirmou que acha que a luta vai até o fim.


Júnior Cigano encara Cain Velásquez pelo cinturão dos pesos-pesados do UFC no próximo sábado, dia 12 de novembro. O combate ocorre às 0h25m (de Brasília).

Jornal Midiamax