Geral

Juliana e Larissa vencem e vão à final do Mundial de Vôlei

As brasileiras Juliana e Larissa estão classificadas para a final do Mundial de Vôlei de Praia, que está sendo realizado em Roma, na Itália. Neste sábado, elas garantiram presença na decisão com a vitória nas semifinais sobre as checas Klapalova e Hajeckova por 2 sets a 0, com parciais de 21/14 e 21/13, em apenas […]

Arquivo Publicado em 18/06/2011, às 19h51

None

As brasileiras Juliana e Larissa estão classificadas para a final do Mundial de Vôlei de Praia, que está sendo realizado em Roma, na Itália. Neste sábado, elas garantiram presença na decisão com a vitória nas semifinais sobre as checas Klapalova e Hajeckova por 2 sets a 0, com parciais de 21/14 e 21/13, em apenas 32 minutos.

Agora, as brasileiras vão tentar repetir o feito de Adriana Behar e Shelda, que foram campeãs mundiais em 2001. “Amanhã temos que jogar com o coração. É um jogo complicado e acho que teremos momentos difíceis, mas precisamos manter a concentração e os olhos abertos o tempo todo. Nessa final, temos que pensar ”eu vim, eu treinei, tenho confiança””, disse Juliana.

Na final, Juliana e Larissa terão um desafio complicadíssimo. As brasileiras vão duelar com Walsh e May, que são bicampeãs olímpicas (2004 e 2008) e já foram campeãs mundiais três vezes (2003, 2005 e 2007). Neste sábado, as norte-americanas venceram as chinesas Xue e Zhang por 2 sets a 1, com parciais de 21/17, 15/21 e 15/10.

Neste ano, Juliana e Larissa enfrentaram Walsh e May duas vezes e as brasileiras triunfaram em ambas no Circuito Mundial de Vôlei de Praia. No retrospecto geral, porém, a vantagem é da dupla norte-americana, com 12 vitórias e seis derrotas.

Juliana e Larissa estão invictas no Mundial de Vôlei de Praia, com sete vitórias. Na primeira fase, elas venceram as italianas Orsi Toth e Benazzi, as holandesas Kadjik e Mooen e as alemãs Köhler e Sude, todas por 2 sets a 0. Depois, no mata-mata, bateram as suíças Graessli e Goricanec por 2 a 0, as compatriotas Maria Clara e Carol também por 2 a 0 e as norte-americanas Fendrick e Hanson por 2 sets a 1.

Jornal Midiamax