Geral

Jovem encontrada morta em Três Lagoas teria aplicado golpe de mais de R$ 4 mil

A jovem, que estava com o namorado, passou mal e morreu em um quarto de hotel, tería aplicado golpes no comércio de Três Lagoas e tinha duas identidades diferentes.

Arquivo Publicado em 30/11/2011, às 14h59

None
719245583.jpg

A jovem, que estava com o namorado, passou mal e morreu em um quarto de hotel, tería aplicado golpes no comércio de Três Lagoas e tinha duas identidades diferentes.

Por volta das 05h35 desta quarta-feira (30) a ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior), foi acionada a comparecer no Hotel OT, na Avenida Aldair Rosa de Oliveira, onde uma pessoa teria vindo a óbito.


No local, os policiais encontraram a Polícia Científica, juntamente com uma equipe da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e agentes da Polícia Civil, já realizando os procedimentos comuns ao caso.


Juliano Alves Malaquias, 27 anos, namorado da vítima há três anos, informou aos policiais que se hospedou na noite de ontem (29) no referido hotel, apartamento 103, sendo apresentados os documentos dele e de Lorraine Soares Nery. Por volta das 03h50min, a jovem teria se sentido mal enquanto tomava banho, ela chegou a perder os sentidos e o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, porém no local a equipe constatou a morte de Lorraine.


Os policiais pediram a documentação da vítima e Malaquias apresentou vários documentos no nome de Lorraine. Ele foi conduzido ao Distrito Policial, para ser confeccionado o boletim de ocorrências.


Durante a elaboração do B.O, os policiais foram informados por um policial civil que no quarto onde o casal estava havia sido encontrado um documento no nome de Talita Ribeiro Tosta, de 23 anos, com a foto da jovem morta.


Malaquias acabou confessando que a vítima utilizava o nome de Lorraine para aplicar golpes de estelionato na região. Talita era o verdadeiro nome da vítima, que residia na cidade de Mirandópolis, no interior paulista.


Em checagem ao nome de Malaquias foi constatado que o mesmo possui passagens pelo crime de estelionato nas cidades de Dracena/SP, Adamantina/SP, Tupi Paulista/SP e Presidente Venceslau/SP. Na cidade de São José do Rio Preto/SP ele possui passagem por uso de documento falso.


A Polícia apreendeu cartões de crédito e talões de cheques no nome de Lorraine. Havia anotações no canhoto do talão, sendo que três cheques foram emitidos no valor de R$1000 e um no valor de R$680, que foram lançados no comércio da cidade.


Malaquias foi conduzido ao 1º DP para que continue as investigações. O carro do casal, um Fiat Siena, placa ENA-0356 de Álvares Machado/SP será periciado, para averiguar se não há nenhuma alteração no veículo. E a polícia solicitou exame toxicológico, para averiguar se o casal consumiu bebidas, entorpecentes e averiguar as causas da morte.


O estelionatário seria irmão de um Policial Militar de Três Lagoas que faleceu neste ano de AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Jornal Midiamax