Geral

Jornalista acusado de assassinar criança a tiros no trânsito na Capital vai a júri em novembro

Despacho do juiz Aluízio Pereira dos Santos, em substituição legal na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, marcou para novembro o julgamento do jornalista A.F.G. que, no dia 18 de novembro 2009, envolveu-se em uma briga de trânsito e efetuou disparos de arma de fogo que levaram à morte de um menino […]

Arquivo Publicado em 23/09/2011, às 18h58

None

Despacho do juiz Aluízio Pereira dos Santos, em substituição legal na 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, marcou para novembro o julgamento do jornalista A.F.G. que, no dia 18 de novembro 2009, envolveu-se em uma briga de trânsito e efetuou disparos de arma de fogo que levaram à morte de um menino de 2 anos, sobrinho do motorista que discutiu com o jornalista.


O despacho levou em consideração que o réu recorreu da sentença de pronúncia, que foi mantida pelo Tribunal de Justiça, como também porque a defesa, não satisfeita, recorreu ao STJ, também sem sucesso e que, ainda não satisfeito, interpôs agravo de instrumento, o qual, até o momento, não obteve êxito e que, diante de tais circunstâncias, nada impede dar prosseguimento ao processo, até mesmo realizando o julgamento.


Segundo Aluízio dos Santos, “considerando que aludido acusado está preso e, muito embora a demora do julgamento está sendo provocada por atos de defesa, nem por isso este juízo deixa de ter responsabilidade pela sua prisão e também pela rápida prestação jurisdicional, principalmente para evitar que consiga HC alegando excesso de prazo”.


A data do júri deve ser fixada de acordo com a pauta de julgamentos do mês de novembro.

Jornal Midiamax