Geral

Hospital Regional de MS confirma surto e admite que sarna norueguesa atingiu servidores

Segundo a assessoria, o hospital recebeu um paciente com com escabiose norueguesa. A variação mais forte e resistente que a comum acabou contaminado funcionários do hospital.

Arquivo Publicado em 26/12/2011, às 12h51

None
1879731020.jpg

Segundo a assessoria, o hospital recebeu um paciente com com escabiose norueguesa. A variação mais forte e resistente que a comum acabou contaminado funcionários do hospital.

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul confirmou nesta segunda-feira (26) que passou por um surto de escabiose (sarna) na última semana.


Segundo a assessoria de imprensa do governo, o hospital recebeu um paciente na semana passada, em caráter emergencial, com lesões de pele crostosas. Clinicado, os médicos constataram que se tratava de escabiose norueguesa.


A doença, por ser mais forte que a escabiose comum e ter resistência maior ao medicamento padrão acabou por contaminar funcionários do hospital. Segundo informações, quatro funcionários estariam de licença por terem sido contaminados. O hospital não confirma o número.


Contudo, ainda segundo a assessoria, o surto já foi controlado. A assessoria informou que os funcionários apresentaram os sintomas da doença na quinta-feira (22) e desde então estão em licença-médica para tratamento.


O paciente está isolado, para que o surto não volte, e continua em tratamento no local.


Já o hospital passou por higienização e não há perigo que o surto volte, garante a assessoria.

Jornal Midiamax