Maísa de Oliveira, de 49 anos, foi atingida por quatro tiros na noite deste domingo (14), no Bairro Bosque de Avelã na Capital

A Polícia Civil de Campo Grande investiga a morte de Maísa de Oliveira, de 49 anos, que morreu na noite deste domingo (14), no Bairro Bosque de Avelã na Capital. A vítima foi atingida por quatro tiros enquanto dormia.

Segundo informações da polícia, a vítima morava em uma casa de madeira nos fundos de um terreno. Na casa da frente, moravam seus filhos.

Por volta das 21h, Maísa estava deitada quando foi atingida por três tiros, sendo um nas costas, um nas nádegas e outro no braço. No local, foram encontradas dez cápsulas deflagradas e fragmentos de bala.

Testemunhas afirmas ter visto um veículo Blazer parado em frente a casa, de onde teriam saído os tiros.

Os familiares desconhecem possíveis causas do assassinato. Já os vizinhos afirmam que um dos filhos da vítima, de 19 anos, é usuário de drogas desde os 12 anos e suspeitam de um possível acerto de contas. O jovem já tem passagem pela polícia por roubo.