Geral

Homem registra queixa contra grupo que comemorava liberdade de prefeito

Um homem de 52 anos, morador de Alcinópolis, registrou queixa contra um grupo de pessoas que comemoravam a liberdade do prefeito da cidade, Manoel Nunes da Silva (PR), preso desde o dia 20 de julho em Campo Grande acusado de envolvimento na morte do ex-vereador Carlos Antônio Carneiro. Silva foi colocado em liberdade nesta quarta-feira […]

Arquivo Publicado em 29/09/2011, às 00h21

None

Um homem de 52 anos, morador de Alcinópolis, registrou queixa contra um grupo de pessoas que comemoravam a liberdade do prefeito da cidade, Manoel Nunes da Silva (PR), preso desde o dia 20 de julho em Campo Grande acusado de envolvimento na morte do ex-vereador Carlos Antônio Carneiro. Silva foi colocado em liberdade nesta quarta-feira (28).


Segundo o boletim de ocorrência, uma aglomeração de pessoas se formou na frente da casa do homem após a notícia da liberação do prefeito. Eles soltavam rojões e fogos que, em dado momento, causaram um princípio de incêndio na grama da residência da vítima.


Com a ajuda da esposa e de algumas pessoas que estavam na comemoração, o morador conseguiu apagar o fogo. Em seguida, procurou o 1º DP da cidade, onde registrou queixa.

Jornal Midiamax