O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul (Hemosul) precisa com urgência da solidariedade dos cidadãos para doação de sangue. No momento, todos os tipos sanguíneos estão em falta. Segundo informações do Hemosul, os estoques das bolsas de sangue estão abaixo do normal, em torno de 60%, número inferior ao considerado estável.

Para fazer a doação, os voluntários precisam ter idade entre 16 e 68 anos, mais de 50 quilos, estarem bem de saúde, bem alimentado, não ter ingerido álcool nas últimas 12 horas e estar portando algum documento de identidade com foto (RG, Carteira de Trabalho ou Carteira de Habilitação). Antes da coleta de sangue o indivíduo tem de responder um questionário de saúde. O sangue coletado passar por exames preliminares.

Novo regulamento

A faixa etária de 16 a 68 anos corresponde à decisão estabelecida no novo Regulamento Técnico de Procedimentos Hemoterápicos, publicada pelo Ministério da Saúde no mês de junho, por meio da portaria nº 1.353. Antes podiam ser doadores somente pessoas entre 18 e 65 anos.

A nova medida visa aumentar o número de doações de sangue em todo o País. A regra determina que, para um adolescente se torne doador é necessário que ele tenha, por escrito, a autorização do responsável legal. Outra mudança estabelecida no novo regulamento é quanto à orientação sexual (heterossexualidade, bissexualidade e homossexualidade), que não poderá ser utilizada como critério para seleção de doadores de sangue.

Serviço

O órgão atende Campo Grande e municípios do interior do Estado, por isso é preciso manter os estoques de bolsas de sangue. Em Campo Grande, o Centro está localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1.304. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira das 7 horas às 17h30 e aos sábados a partir das 7 horas até 12h30. Mais informações pelo telefone (67) 3312-1517.