Geral

Gaeco deflagra operação Holambra e cumpre 34 mandados de busca e apreensão

O Gaeco deflagra a Operação “Holambra” nesta segunda-feira (24), destinada a cumprir 34 mandados de busca e apreensão domiciliar, 9 mandados de busca e apreensão de veículos, 8 mandados de prisão preventiva, 12 mandados de prisão temporária, entre outras diligências

Arquivo Publicado em 24/10/2011, às 11h26

None

O Gaeco deflagra a Operação “Holambra” nesta segunda-feira (24), destinada a cumprir 34 mandados de busca e apreensão domiciliar, 9 mandados de busca e apreensão de veículos, 8 mandados de prisão preventiva, 12 mandados de prisão temporária, entre outras diligências

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagra a Operação “Holambra” nesta segunda-feira (24), destinada a cumprir 34 mandados de busca e apreensão domiciliar, 9 mandados de busca e apreensão de veículos, 8 mandados de prisão preventiva, 12 mandados de prisão temporária, dentre outras diligências, a fim de ser coletado material probatório relacionado a uma quadrilha composta por civis e policiais militares da região de Sidrolândia, Campo Grande, Dois Irmãos do Buriti e Rondonópolis (MT).


Segundo informações da assessoria do MPE (Ministério Público Estadual), os policiais militares ajustam o pagamento de “propina” para permitir a passagem de carregamentos ilícitos que obrigatoriamente passam pela cidade, rota dos contrabandistas vindos do Paraguai.


O Gaeco e Promotores de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul investigam os fatos desde fevereiro deste ano e realizam a operação para aumentar as provas da investigação e impedir que os agentes públicos com desvio de conduta continuem no exercício do cargo.


Participam das diligências policiais militares do Gaeco, da Agência Central de Inteligência, do Cigcoe, do 14º Batalhão da Polícia Militar Rodoviária, da Força Tática dos 1º, 9º e 10º BPM, da Corregedoria da PM, auditores fiscais do Nurep e Promotores de Justiça do Gaeco.


Jornal Midiamax