A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Fundac (Fundação Municipal de Cultura), realiza o tombamento de 22 árvores do canteiro central da Avenida Mato Grosso. A decisão foi tomada após solicitação do MPE (Ministério Público Estadual), que indicou o devido tombamento das árvores como patrimônio histórico, cultural e paisagístico da cidade. A solenidade de tombamento das árvores será nesta segunda-feira (22), às 19h, na Avenida Mato Grosso, esquina com Rua 13 de Maio, no Centro.

As árvores, que têm entre 54 e 74 anos, são da espécie Ficus Microcarpa, ficam no canteiro central da Avenida Mato Grosso, entre a Avenida Calógeras e a Rua Pedro Celestino.

O tombamento das árvores do canteiro da Avenida Mato Grosso é o segundo caso na Capital em que o tombamento visa o incentivo à arborização e a o fortalecimento de Campo Grande como uma cidade verde. O primeiro foi de uma árvore Tamboril, Enterolobium Contortisiliquum, localizada na Rua da Paz, quase esquina com a Rua Rio Grande do Sul, no bairro Jardim dos Estados, que passou a ser considerada patrimônio paisagístico da cidade desde junho de 2009.

A árvore Tamboril teria aproximadamente 60 anos e a madeira dessa espécie é usada na fabricação da viola de coxo, um dos instrumentos mais tradicionais do Estado.

Campo Grande possui, segundo estimativa da prefeitura, cerca de 153 mil árvores, muitas tipificadas como “notáveis”.