Geral

Funcionário da CGR Engenharia morre enquanto limpa usina de asfalto

O funcionário da empresa CGR Engenharia, Junior de Souza, de 38 anos, faleceu por volta das 16h, desta quinta-feira (29), depois de ter sido prensado no interior da usina que produz massa de asfalto, no Distrito de Laje, distante cerca de 15 km de Costa Rica. De acordo com as informações do site Hora da […]

Arquivo Publicado em 29/09/2011, às 21h02

None

O funcionário da empresa CGR Engenharia, Junior de Souza, de 38 anos, faleceu por volta das 16h, desta quinta-feira (29), depois de ter sido prensado no interior da usina que produz massa de asfalto, no Distrito de Laje, distante cerca de 15 km de Costa Rica.


De acordo com as informações do site Hora da Notícia, o acidente ocorreu no acampamento que a empresa instalou para a construção da Rodovia MS 306,que liga a localidade denominada Gaúcho Pobre ao Bolicho Seco, em Costa Rica.


Enquanto três pessoas trabalhavam na usina, Junior de Souza estava no interior da máquina fazendo a limpeza. A usina havia travado e um dos seus colegas, acidentalmente, bateu no botão que ligou o equipamento. Junior teve uma das pernas esmagada e parte da bacia.


Ele foi socorrido ainda com vida, mas no caminho para o hospital entrou em óbito. A médica da Fundação Hospitalar, Marcela Gomes Campanini, que atendeu o paciente, informou que a morte nesses casos é inevitável devido a grande perda de sangue e a falta de circulação no corpo.


Junior é pai de duas filhas, sendo que uma possui oito anos e a outra, onze. Ele veio da cidade de Coxim para morar na região em questão e trabalhar como ajudante na empresa.


O engenheiro do trabalho, Andre Luiz Cesar Gomes, responsável pela segurança do trabalho na empresa informou que está elaborando o relatório oficial sobre o acidente. Ainda não foi definido o local do sepultamento.

Jornal Midiamax